Nos últimos tempos, os boatos sobre Lula diminuíram em relação ao passado. Isso não significa que são poucas as notícias falsas que circulam sobre o ex-presidente na internet. Toda semana uma balela nova sobre ele aparece nas redes sociais.

A história desta semana dá conta de que um padre teria percebido a presença do ex-presidente em uma igreja e o expulsado. De acordo com o texto, publicado em blogs e viral no Facebook, padre José interrompeu a missa e falou “na minha igreja não entra bandido”. Leia o texto:

Como era de se esperar, a história teve muitos compartilhamentos em redes sociais. Mas será mesmo que o Padre José interrompeu uma missa, expulsou Lula de dentro da igreja, deu um sermão e ainda chamou o ex-presidente de bandido? A resposta é não.

Vamos aos fatos. Para começar, a história segue aquele roteiro de boatos na internet. O texto é repleto de informações vagas (não diz quando aconteceu, onde foi a missa, o nome completo do padre) e tem diversos erros de português. Essas são características básicas de notícias falsas na internet. Para além disso, a história é um tanto quanto “mal contada”.

Como era de se esperar, não achamos nenhum veículo de comunicação que falasse no assunto. Se Lula fosse expulso de uma igreja, isso viraria notícia em portais, veículos de direitas, veículos de esquerda, em todo lugar.

Porém, apenas encontramos a história em meia dúzia de blogs. Um detalhe: os blogs são, tradicionalmente, de notícias falsas. Só para terminar, as imagens utilizadas no post não têm nada a ver com expulsão de Lula de igreja.

Uma das fotos é da Catedral de Aracaju e outra foi de quando Lula falou da morte do ex-vice-presidente José Alencar. Como é de se imaginar, as duas fotos são antigas.

Resumindo: a história que aponta que Lula foi expulso de uma igreja por um padre chamado José é falsa. Não foi publicada em nenhum veículo de comunicação sério. Ao contrário, surgiu em sites que costumam despejar notícias falsas por aí.

COMPARTILHAR

Comentários

comentários