Comemoração do nascimento de Jesus no dia 25 de dezembro é uma tradição iniciada séculos após sua morte na cruz. Os cristãos da Igreja Primitiva não comemoravam o nascimento do Filho de Deus, e atualmente, há entre os cristãos quem se oponha à celebração da data por causa de sua origem pagã.

No entanto, segundo o pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), é importante celebrar o Natal, apesar da origem da data, como forma de reconhecer o amor de Deus para com os homens e Seu desejo de oferecer salvação à humanidade.

Segundo Malafaia, Jesus “provavelmente nasceu em outubro, durante a Festa dos Tabernáculos, em 15 de Tishrei (no calendário judaico)”, que é “uma das três maiores festas judaicas e simboliza a presença de Deus habitando, ‘tabernaculando’, no meio do Seu povo (Êxodo 25:8)”, destaca, apontando para o simbolismo da data na tradição judaica.

COMPARTILHAR

Comentários

comentários